Obras no bairro dos Minérios exigem atenção dos moradores

Previous
Next

Prefeitura ainda esclarece: sucuri de 4,7 metros resgatada na quarta-feira, 7, foi solta na Floresta Nacional de Carajás após avaliação por um veterinário, sendo devolvida à natureza sem nenhum ferimento.

A Prefeitura de Parauapebas, por meio do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), informa que em razão do início das obras de construção do Parque dos Minérios (2ª etapa do Projeto de Recuperação e Revitalização do Igarapé Lajeado) faz-se necessário que moradores, comerciantes e também pedestres que passem no entorno da obra fiquem atentos às sinalizações a fim de evitar acidentes.

Com a movimentação intensa de diversas máquinas pesadas e também visando impedir que ocorram acidentes, fica proibido entrar na área da obra.

No caso de a população avistar algum tipo de animal silvestre em possível fuga, recomenda-se que entre em contato com os órgãos responsáveis pela captura e soltura adequadas.

Corpo de Bombeiros: 193 ou (94) 9 8432-6027

Resgate de sucuri

Pelo rádio veio o comunicado que a equipe ambiental aguardava há alguns dias: uma cobra sucuri foi avistada no meio da vegetação de arbustos, na parte alagada do terreno. Assim, o final do expediente do feriado do dia 7 de Setembro se transformou numa verdadeira operação de resgate já que o tamanho do animal, de 4,7 metros, exigia muita cautela para garantir a segurança e integridade física durante a sua retirada do local.

O monitoramento já vinha sendo feito há cerca de uma semana, quando o Prosap iniciou a execução de dois planos: de Supressão Vegetal e de Resgate e Afugentamento de Fauna, que consistem, respectivamente, na retirada de vegetações como arbustos e capim e na captura de animais silvestres que vivem na área localizada no bairro dos Minérios.

A instrução foi devidamente feita ao operador de uma das máquinas que, por sua vez, apanhou a sucuri com a concha do equipamento. Para manusear o animal, foi necessária ajuda extra de trabalhadores da obra. Em seguida, a equipe composta por médico veterinário, bióloga, engenheiro ambiental e fiscal de controle ambiental entrou em ação.

A bióloga Carolina Umezaki constatou que o réptil é da espécie Eunectes murinus, conhecida pelo nome sucuri-verde, do sexo masculino. Logo após, o veterinário Matheus Faria examinou a serpente, constatando que ela estava saudável e sem qualquer ferimento.

Depois de passar pela avaliação médica minuciosa, a sucuri foi encaminhada para soltura na Floresta Nacional de Carajás, ou simplesmente Flona de Carajás, numa área com as devidas características ambientais propícias para readaptação e sobrevivência do animal.

Compromisso com a sustentabilidade

Todas as obras do Prosap são executadas respeitando o meio ambiente, por isso o resgate de fauna é uma das primeiras ações nas áreas de intervenção. Anterior ao início efetivo das obras, a equipe ambiental do programa faz um rigoroso acompanhamento para garantir a preservação e a conservação de espécies tanto animais quanto vegetais.

Somente na área destinada à construção do Parque dos Minérios, até agora, foram resgatadas dezenas de animais: as serpentes (sucuri, jiboia, jararaca, cipó, coral), os anfíbios (sapos futuro e pipa), os pássaros (inhuma, pica-pau e mergulhão), vespas, peixes e crustáceos (muçum, cascudo, trairão e caranguejo) e um tamanduá-mirim.

Também foram resgatadas abelhas irapuã, espécie endêmica, sem ferrão, que foram doadas à Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror).

Todos os Direitos Reservados PROSAP 2022